Síndrome da Dependência de álcool, conheça!

Hoje vamos dar continuidade ao tema sobre as síndromes relacionadas às substâncias psicoativas, e o assunto de hoje vai ser sobre a síndrome de dependência alcoólica. O Álcool é tão antigo quanto a humanidade. Desde os primórdios desta, já se faz o uso uso desse tipo de substância, no entanto ele veio tomar uma proporção epidêmica partir dos últimos séculos segundo dados da OMS, dados bem mais recentes né!

Em 2016 mais de 3 milhões de pessoas morreram em decorrência do uso abusivo do álcool ou seja, de cada 20 mortes uma foi por conta do uso exagerado deste tipo de substâncias e 3/4 dessas vítimas são do sexo masculino então é necessário tomar cuidado você que gosta de mostrar aos coleguinhas que bebem mais do que os outros né. Enfim!

O álcool com o passar dos anos ele desenvolve nosso organismo uma tolerância muito alto ou seja se faz a necessidade de que para que você tenha efeito de anestesia que o álcool causa seja cada vez maior, portanto a dependência física também vai junto com essa tolerância causando cada vez mais uma dependência, por conta dessa substância o uso abusivo na verdade ele é considerado por uma ingestão patológica, repetidas vezes que é classificado de uma forma muito mais qualitativa do que quantitativa.

E quando se fala dessa questão da tolerância ela é algo completamente subjetiva de pessoa para pessoa então por conta disso como é muito subjetivo ele é considerado muito mais pela potencialidade qualitativa do que essa questão quantitativa.

O álcool quando ele se torna algo que causa dependência, vai causar prejuízos enormes. Tanto em nossa saúde mental quanto em nossa saúde física, familiar e até mesmo profissional. Mas então o que seria síndrome de dependência alcoólica? Podemos classifica-la então como um estado físico e psicológico em decorrência do uso repetitivo desse tipo de substância incluindo as compulsões, mesmo que de forma periódica ou constante vai haver aí uma perda de controle vamos agora colocar aqui alguns aspectos principais dessa síndrome pra você Ok?!

No EMPOBRECIMENTO DE REPERTÓRIO, o uso desse tipo de substância vai se tornar cada vez mais estereotipado e repetitivo ou seja vai ganhando cada vez mais importância na vida dessa pessoa, se tornando cada vez mais comum.

Então a GRATIFICAÇÃO da bebida, do uso da substância alcoólica na vida desse sujeito vai se tornar cada vez maior, até porque ele não vai conseguir gratificações obtidas através de outras fontes que não sejam através da substância alcoólica, mal sabe ele que ele vai conseguir sim, anestesiar uma angústia causada devido algo de origem familiar, do trabalhos, do psicológico, do físico mas que esse problema vai continuar aumentando, mais na ilusão de sujeito só a bebida alcoólica vai gerar essa gratificação pra ele.

A TOLERÂNCIA pode se tornar cada vez maior na vida desse sujeito sendo necessário uso cada vez maior desse tipo de substância podendo diminuir nas fases terminais dessa síndrome dependência do Álcool.

SINTOMAS REPETITIVOS DE ABSTINÊNCIA: nesses sintomas repetitivos de abstinência o sujeito vai adicionar em seu currículo episódios cada vez maiores de abstinência podendo chegar até mesmo ao que nós colocamos como delirium tremens, pra vocês que ainda não sabem o que é esse delirium, vamos falar mais especificamente desse e de outros temos relacionados ã essa dependência no próximo.

ESQUIVA OU BUSCA DE ALÍVIO, o sujeito se antecipa então antes dele sofrer com a síndrome de abstinência o ou com as tremedeiras, que é causadas por conta dessa abstinência, ele já se antecipa e já faz o uso da bebida alcoólica para conter esses possíveis sintomas.

COMPULSÃO PARA BEBER: termo esse que é o sinônimo da perda de controle desse indivíduo. A pessoa perde o controle e vai utilizando cada vez mais o uso da bebida alcoólica.

REINSTALAÇÃO MAIS RÁPIDA DA TOLERÂNCIA APÓS A ABSTINÊNCIA: Então essa tolerância que havíamos discutido ao londo do vídeo, que leva alguns anos para ocorrer, ela retorna de forma muito rápida para quem já sofre com a abstinência e volta a fazer o uso do Álcool.

O último dos aspectos é a NEGAÇÃO: Por mais que esse sujeito esteja comprometido tanto físico como psicologicamente ele se nega a compreender de que os seus problemas venham sendo causados pela síndrome da dependência alcoólica.

E isso é muito complicado até porque para que uma pessoa possa ter a ajuda necessária é importante que ela saiba o que vem acontecendo com ela para que ela possa se beneficiar de uma ajuda em uma clínica de reabilitação para alcoólicos. Uma vez que analisamos esses aspectos percebemos então que esse sujeito perde a liberdade de escolher entre beber e não beber uma vez que já sabemos que não haverá um controle diante dessa escolha. Então como fazemos então para diagnosticar fechar essa questão se uma pessoa de fato sofre com a síndrome da dependência alcoólica ou não?

Pra isso é necessário contatar uma clínica de reabilitação para alcoólicos, para que juntos possamos tratar de seus vícios e manias. Em nossa clínica de tratamento para dependentes do álcool você encontra uma nova vida, e sairá de lá com uma nova visão e um novo olhar para a vida! Contamos com profissionais extremamente qualificados, e disponibilidade 24 horas todos os dias especialmente para você!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*