Enxoval

Confira a lista

O “Valor Da Vida” agradece a confiança em nos escolher, a fim de oferecer o melhor tratamento possível a seu ente querido e a você, familiar.

Estamos à disposição sempre que precisar. Sabemos que muitas vezes o dependente químico, no ato da sua internação, está em situação precária, onde já perdeu tudo, inclusive bens pessoais e/ou os que restaram não estão em condições de uso, bem como, muitas vezes, a urgência da internação é tal que não há tempo suficiente para separar todos os bens necessários para o uso durante o tratamento. Nestes casos, solicitamos que, dentre os itens abaixo, que seja encaminhado o que for possível, podendo o restante ser encaminhado posteriormente. No caso da internação, o paciente deverá trazer os itens que serão somente de uso pessoal e individual, listados abaixo:

  • 10 camisetas
  • 03 bermudas
  • 10 cuecas
  • 05 pares de meia
  • 02 calças jeans
  • 02 conjuntos de moletons
  • 01 cobertor ou edredom
  • 01 travesseiro
  • 02 conjuntos de cama e banho
  • 01 par de chinelos e 01 par de tênis
  • Pasta e escova de dentes
  • Barbeador e creme de barbear
  • Shampoo, condicionador e sabonete
  • Desodorante rollon

Não será permitida a entrada de produtos contendo:
Álcool: Enxaguante Bucal, desodorante spray, bombons de licor e etc.
Gás: fluído de isqueiro, esmalte e etc.
Qualquer tipo de medicamento sem consentimento da equipe. Se o paciente faz uso contínuo de algum medicamento, este deverá vir lacrado (novo), junto de prescrição médica.
Após o ato da internação, os primeiros meses são considerados a fase mais difícil do tratamento, ainda está sob os efeitos da abstinência, longe de seu “habitat” onde tinha acesso livre para fazer o que queria, a hora que queria.
É comum e frequente que o dependente químico tente manipular seus entes queridos e codependentes, a fim de regressar à sua casa e voltar aos velhos hábitos e às velhas rotinas, pois, está de se habituando às novas regras de convivência e rotina da clínica.
Nesse momento está em fase de aceitação da sua doença, conhecimento das consequências de seus atos e conflitos internos, que diante da intervenção psicológica, vai buscar os motivos que o levam ao uso de entorpecentes e treinar novos atos e pensamentos, assim como tantas outras mudanças em sua vida.