Sobre nós

Excelência em tratamento.

Nossa missão é fazer com que o dependente químico se reintegre à sociedade, promovendo a conscientização de solidariedade, sobriedade, cidadania e amor ao próximo, fazendo com que tenha uma vida normal enfrentando as dificuldades com serenidade e consciência.

Nossa equipe

É formada por profissionais capacitados, com vasta experiência terapêutica, esclarecendo a recuperação e buscando fazer com que o paciente compreenda a dependência química como uma doença, motivando sua reconciliação com sua própria vida e convívio com seus familiares.

Especializados no tratamento da dependência química, oferecemos ao paciente a explicação e conscientização sobre a doença, de uma forma clara e profissional, o impulsionando a buscar uma nova forma de vida, sem o uso de drogas ou álcool.

Nosso quadro clínico dispõe:

  • Médicos Clínicos Gerais
  • Médicos Psiquiatras
  • Psicólogos
  • Enfermagem
  • Assistentes Sociais
  • Terapeutas
  • Terapeutas Ocupacionais
  • Conselheiros

A remoção

Equipe especializada em resgate de Dependentes Químicos, homens, mulheres e adolescentes, formada por profissionais da área da saúde, abordagem humanizada e sigilosa, atendemos em todo o país, fazemos resgates de alto risco e abordamos os pacientes em surtos, é descartada qualquer tipo de AGRESSÃO e são usadas técnicas de imobilização adequada, dedicamos nossas vidas em salvar vidas. Temos como principal parceiro, a Clínica “ Valor da Vida”, unidade Terapêutica completa para total tratamento e recuperação do paciente, composta por equipe multidisciplinar, 24 horas por dia.

Ser uma equipe diferenciada no ramo de resgate em Dependência Química

Realizar um trabalho de qualidade, com ética e responsabilidade, priorizando sempre a vida.

Oferecer internação segura ao usuário de drogas e álcool, de forma íntegra, ágil e eficaz.

Padronizar a equipe especializada na remoção de pacientes em São Paulo e outros Estados, onde as prioridades de internação serão para a Clínica “Valor da Vida” e após as unidades estarem sem vagas, deslocar as internações para outras comunidades parceiras.